Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘estilo de vida’

Ártemis, a deusa guerreira

Ártemis, a deusa guerreira

Meu resultado:

Ártemis, a deusa guerreira

Selvagem e livre, a mulher deste arquétipo busca constante superação de si mesma

por Bolsa de Mulher


Filha de Zeus com sua amante Leto, Ártemis (conhecida em Roma como Diana, a Caçadora) é a irmã gêmea primogênita de Apolo. Hera, esposa de Zeus, perseguiu Leto de tal modo que nenhum lugar se atrevia a desafiar a rainha do Olimpo e acolhê-la durante o parto, que finalmente ocorreu numa ilha remota.
Ártemis logo ao nascer revela seu talento como parteira e auxilia a mãe no nascimento de Apolo. Traumatizada com a perseguição sofrida por sua mãe, ela pede a Zeus que seja virgem para sempre, pois não quer ser submetida à maternidade. Contudo, também pede um séquito de homens virgens. (Grande semelhança comigo… mas nem tanto).

Trata-se de uma deusa associada à vida selvagem e à caça e também à luz da lua e à magia. Seu desejo é estar nas matas, vestindo roupas curtas que a deixam livre e carregando nas costas o seu arco e flechas de prata. De natureza espartana, ela é uma grande guerreira e está sempre competindo consigo mesma, buscando a superação. (Sim, sempre buscando a superação. Competição comigo mesma, nunca com você, sua bobinha!)


Ártemis é considerada a mais pura e casta das deusas. (Já fui considerada assim… era minha fama antes de casar). Uma vez, sendo surpreendida ao banhar-se em um rio por um caçador, transformou-o em veado e fez com que fosse devorado por sua própria matilha. Ela tem desprezo pela vulnerabilidade (com certeza) e, ao contrário de Atena, entende o ataque de nervos como forma de defender-se. (Não é pra tanto, mas o ataque de nervos faz parte)

A mulher Ártemis

A mulher do tipo Ártemis possui o ideal de ajudar as mulheres (até já cansei de ser conselheira de muitas mulheres. Desde a adolescência, até mulheres casadas procuravam meus conselhos, kkk) e usa um escudo emocional nos envolvimentos afetivos (Sim, para não sofrer tanto). Não é costume haver aproximação afetiva, mas ataques e rompantes emocionais. Em muitas ocasiões, ela costuma reagir cruelmente quando colocada contra a parede em assuntos do amor. (Meus ex-namorados que o digam)

Geralmente ela é a grande parceira, a “brother” (Meus ex-namorados e meu marido confirmam que sim). Representa um tipo de feminismo que deseja equiparar-se aos homens de igual para igual (Não querendo ser  homem, mas para romper com o preconceito) e a sua sexualidade tende a se manifestar de forma mais masculina (Depende. Se isso significa tomar a inciativa quando o cara tá meio lerdinho… rs). Muitas vezes adia a maternidade em função de outras metas (realmente, foi o que fiz), mas é capaz de fazer um filho de maneira independente, sozinha (também planejei isso, caso não me casasse até os 30. Como alguém conseguiu a proeza de me levar ao altar… rs).

Nos desafios, a mulher de natureza Ártemis arregaça as mangas e vai direto ao assunto, de preferência com roupas práticas e sem adornos e acessórios que mais atrapalham do que qualquer outra coisa. Maquiagem? Só se for de guerra. (Também não é pra tanto. Incomoda, mas depois de uma certa idade a gente incorpora a maquiagem como um acessório de guerra mesmo)

Este é o tipo de mulher que costuma ser indócil muito em função de haver presenciado injustiças logo cedo na vida. (Aham. E como presenciei e vivi injustiças) Sua lição consiste em aprender que o fato de ser justiceira não impede que ela desenvolva um temperamento mais doce e desarmado (Também já aprendi isso). A diferença entre homens e mulheres é um fato e a busca da igualdade radical não faz sentido, pois é justamente no equilíbrio entre as diferenças que a coexistência entre os dois gêneros se torna mais harmoniosa. (Sim, também sabemos disso. Não é questão de querer ser homem. É questão de não aceitar o preconceito)

Lifestyle

Ártemis é mulher forte e guerreira. Ligada em esportes, a deusa é adepta de atividades físicas como corrida, malhação e danças. Seu estilo é esporte chique. (Pode crer!)

Das academias para a rua, a moça abusa de tecidos tecnológicos e confortáveis (como moleton (Só se for os moderninhos) e malha), jeans, roupas de modelagens amplas, maiôs e tênis – dos mais esportivos aos modelos moderninhos para compor looks mais elaborados (sim). Produtos naturais (tanto cosméticos como alimentares) não podem faltar nas prateleiras da casa de Ártemis (claro que não). Seu meio de transporte? Bicicleta. (adoro bicicleta. Direto vou ao Parque do Ibirapuera para ficar algumas horas pedalando. Fiz isso até grávida, hehehe)

Clique aqui e faça o teste.

Anúncios

Read Full Post »